Remoção de próteses

Muito poucas pacientes que se submeteram a uma mamoplastia de aumento há uns anos, desejam remover os implantes e questionam se tal é possível, sem colocação de novos implantes. De facto, sim, é possível, no entanto, é importante esclarecer e avaliar cada caso sobre os motivos que a levam a fazer a cirurgia para definir qual o melhor plano de tratamentos.

Muito poucas pacientes que se submeteram a uma mamoplastia de aumento há uns anos, desejam fazer a remoção de próteses e questionam se tal é possível, sem colocação de novos implantes. De facto, sim, é possível, no entanto, é importante esclarecer e avaliar cada caso sobre os motivos que a levam a fazer a cirurgia para definir qual o melhor plano de tratamentos.

Existem alguns motivos que levam a que algumas mulheres que realizaram previamente uma mamoplastia de aumento com implante de próteses desejem passar por uma cirurgia de remoção de próteses, tais como:

– Complicação associada com as próteses, como a contratura capsular;
– Mudança a nível corporal, quer seja devido a alterações de peso, gravidez ou queda da mama (ptose mamária);
– Deixar de desejar ter uma prótese mamária.

Importa explicar que é possível remover a prótese e substitui-las por outras, ou simplesmente não colocar consoante os desejos ou as motivações das pacientes. Em qualquer dos casos, normalmente é necessário fazer um lifting da mama (mastopexia) para repor os tecidos mamários e atingir a posição natural da mama.

Nos casos em que a paciente não deseje colocar novas próteses, a mama restante pode ser insuficiente para manter um tamanho adequado e, nesse caso, há a possibilidade de recorrer a infiltração de gordura ou transferência de tecidos da paciente de forma a manter um volume adequado e harmonioso.

A remoção de próteses é uma cirurgia de ambulatório com recurso a anestesia local com sedação ou anestesia geral. Desta forma, as pacientes podem ter alta no próprio dia ou no seguinte, de acordo com a sua preferência e conforto.

Após a cirurgia, a paciente deve esperar um tempo de recuperação de 5 a 7 dias com menor actividade, devendo evitar esforços e pegar em pesos nas primeiras duas semanas. Após este período, podem retomar as rotinas habituais de forma gradual podendo inicial condução, actividade sexual e actividade física. A actividade profissional poderá ser retomada mais cedo em alguns casos consoante o tipo de profissão. Na maioria dos casos devem esperar um período de baixa de 2 a 3 semanas. Durante o primeiro ano devem fazer proteção solar com protetor mineral e devem evitar a exposição solar direta nas cicatrizes enquanto a cicatriz tiver um tom avermelhado.

ESPECIALISTAS

Dr. Tiago Baptista Fernandes Up Clinic

Dr. Tiago Baptista Fernandes

David Rasteiro Up Clinic

Dr. David Rasteiro

Dr. Eduardo Matos Up Clinic

Dr. Eduardo Matos

CLÍNICA

Conheça as nossas instalações

A Up Clinic nasceu com o intuito de oferecer uma experiência de excelência na área de estética e bem-estar. As instalações da clínica em Lisboa foram criadas com o objectivo de proporcionar o máximo conforto num ambiente elegante e exclusivo, sem descurar a proximidade que caracteriza a equipa multidisciplinar da clínica.

Processo

Remoção de próteses é um procedimento cirúrgico com uma duração de 3 a 4 horas e é realizado com anestesia local com sedação ou anestesia geral. É um procedimento que não necessita de internamento e tem um período de baixa de 2 semana. Os resultados finais são obtidos entre 1 a 3 meses. Deverão ser considerados as seguintes inibições para a remoção de próteses: 4 semanas de inibição de atividade física, 10 a 15 dias de inibição de voar e conduzir, 3 semanas de inibição de atividade sexual e 4 semanas de inibição de exposição solar.

Duração

3 a 4 horas

Anestesia

Local com sedação ou geral

Internamento

Não há

Período
de baixa

2 semanas

Resultados

1 a 3 meses

Inibição de atividade física

4 semanas

Inibição de
voar

10 a 15 dias

Inibição de conduzir

10 a 15 dias

Inibição de atividade sexual

3 semanas

Inibição de exposição solar

4 semanas