Redução mamária

A redução mamária corrige os seios muito grandes e pesados que podem conduzir a problemas e dores nas costas, interferindo nas actividades diárias, profissionais ou de lazer, para além de conferir um aspecto pouco estético e envelhecido à mama em si e a toda a zona peitoral em redor.

A redução mamária vem dar resposta às muitas mulheres que sofrem com o excesso de volume e peso da mama, que consiste no tamanho exacerbado da glândula mamária. Normalmente, este problema vem acompanhado por uma assimetria marcada e um tamanho grande da aréola. No seu conjunto, o excesso de volume mamário origina diversos problemas relacionados com a saúde e o bem-estar e, esteticamente, confere um aspeto envelhecido à mama e à zona peitoral.

Ter os seios muito pesados pode interferir nas atividades diárias, profissionais e de lazer. Por exemplo, a paciente poderá sentir dores nas costas e na coluna cervical, baixa autoestima, vergonha em expor-se íntima e socialmente e dificuldade em usufruir de um vestuário que lhe assente na perfeição.

Para resolver estes problemas que tanto interferem no dia a dia de uma pessoa, é normalmente recorrer-se à cirurgia de redução mamária. É um procedimento através do qual é removida a gordura, tecido glandular e pele em excesso, tornando a mama mais pequena e rejuvenescida. Nas mulheres mais jovens, a indicação deste tipo de intervenção deverá ser devidamente estudado e acompanhado, dado que o impacto psicológico, quer seja antes, durante ou depois da cirurgia, é enorme.

Na redução mamária, normalmente executam-se os seguintes procedimentos:

  • Diminuição do volume mamário;
  • Lifting da mama com subida da aréola e mamilo;
  • Diminuição do tamanho da aréola;
  • Aumento do volume do pólo superior, para preencher o vazio que poderá existir.

Em relação à técnica cirúrgica, a mesma poderá ser realizada – de acordo com a prescrição médica e a vontade da paciente – através de 4 práticas principais: (1) técnica periareolar, (2) cicatriz vertical, (3) em J ou L e (4) T invertido. É fundamental que a paciente esteja ciente das características de cada técnica.

Após a cirurgia de redução mamária, a paciente pode usufruir do seu novo “eu” com maior autoestima e realizar todas as atividades pessoais, profissionais e sociais que outrora tinha deixado por vergonha ou complexos.

ESPECIALISTAS

Dr. Tiago Baptista Fernandes Up Clinic

Dr. Tiago Baptista Fernandes

David Rasteiro Up Clinic

Dr. David Rasteiro

Dr. Eduardo Matos Up Clinic

Dr. Eduardo Matos

Caso clínico

Redução mamária Antes Up ClinicRedução mamária Antes e depois Up Clinic

Caso clínico de redução mamária

Durante a primeira consulta o cirurgião plástico apresenta todos os pormenores da redução mamária com o recurso a imagens, avalia e discute com o paciente todas as fases do processo, bem como, as expetativas de cada um.

CLÍNICA

Conheça as nossas instalações

A Up Clinic nasceu com o intuito de oferecer uma experiência de excelência na área de estética e bem-estar. As instalações da clínica em Lisboa foram criadas com o objectivo de proporcionar o máximo conforto num ambiente elegante e exclusivo, sem descurar a proximidade que caracteriza a equipa multidisciplinar da clínica.

Processo

A redução mamária é um procedimento cirúrgico com uma duração de 3 horas e é realizado com anestesia geral. É um procedimento que necessita de internamento de 1 dia e tem um período de baixa de 15 dias. Os resultados finais são obtidos ao final de 1 mês. Deverão ser considerados as seguintes inibições para a redução mamária: 3 semanas de inibição de atividade física, 7 a 12 dias de inibição de voar, 7 a 15 dias de inibição de conduzir, 2 semanas de inibição de atividade sexual e 4 semanas de inibição de exposição solar.

Duração

3 horas

Anestesia

Geral

Internamento

1 dia

Período
de baixa

15 dias

Resultados

1 mês

Inibição de atividade física

3 semanas

Inibição de
voar

7 a 12 dias

Inibição de conduzir

7 a 15 dias

Inibição de atividade sexual

2 semanas

Inibição de exposição solar

4 semanas